Planet SierraISO 14001

AMBIENTE

A proteção do ambiente para as atuais e futuras gerações é uma preocupação constante da Sonae Sierra, pelo que a sua abordagem às questões ambientais se centra nas seguintes quatro áreas de impacto materiais:

Ambiente

  • Alterações Climáticas
  • Água
  • Resíduos
  • Uso do Solo

Acreditamos fortemente que uma Gestão Ambiental inovadora e empenhada pode melhorar a nossa proposta de valor acrescentado no mercado, através de uma redução de riscos e de custos.

A abordagem ambiental da Sonae Sierra baseia-se na implementação do seu Sistema de Gestão Ambiental (SGA), certificado em conformidade com a norma ISO 14001. O SGA abrange todas as atividades de negócio e aplica-se em todos os países onde a empresa opera. Destina-se a aumentar a eco-eficiência e a promover o controlo dos impactes ambientais significativos resultantes das suas atividades de negócio, dando continuidade aos compromissos assumidos na Política de Ambiente.

Para mais informações sobre a nossa Política de Segurança, Saúde e Ambiente clique aqui.

Consulte as nossas recomendações de Segurança, Saúde e Ambiente aqui.

 

GESTÃO AMBIENTAL NO CENTRO COLOMBO

Consciente da importância crescente das políticas ambientais em qualquer área de negócio, o Centro Colombo assumiu, ainda na fase de projeto, a implementação das melhores técnicas e medidas ambientais, por forma a alcançar uma performance exemplar.

“No Centro Colombo é importante que clientes e lojistas saibam da necessidade em adotar uma conduta responsável e proactiva na proteção do meio ambiente. A crescente consciencialização dos problemas ambientais confronta-nos com a urgência de alterarmos hábitos e repensarmos a forma como utilizamos os recursos que a natureza coloca à nossa disposição. Reconhecendo o dever de, neste âmbito, constituir um exemplo da conjugação de desenvolvimento económico e responsabilidade social, procuramos transmitir aos nossos visitantes as preocupações ambientais e os valores cívicos sem os quais, acreditamos, não será possível assegurar a continuidade do nosso Planeta para as gerações futuras”.

Paulo Gomes – Diretor do Centro Colombo.

O Centro Colombo tem implementado um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) reconhecido externamente e certificado segundo a Norma ISO 14001:2004. Através do SGA o Centro Colombo aumenta a eco-eficiência e controla os impactes ambientais significativos resultantes da sua atividade, assumindo assim o compromisso assumido na Politica de Ambiente da Sonae Sierra.

A gestão de resíduos, a minimização dos consumos de água e energia, a qualidade do ar interior e da água de consumo e a atenuação do ruído, bem como a sensibilização ambiental aos lojistas, provedores de serviços e visitantes, são áreas que têm merecido uma intervenção cuidada e responsável.

Contacte-nos para esclarecimentos adicionais.

 

OS NOSSOS IMPACTES AMBIENTAIS

Os aspetos ambientais mais significativos resultantes da atividade do Centro Colombo são o consumo de água, produção de resíduos e contribuição para alterações climáticas. Todos os anos são definidos objetivos e metas ambientais por forma a definir ações que contribuam para a minimização dos impactes ambientais.

Consumo de Água:

  • O Centro dispõe de medidores de caudal em vários locais de consumo de água, nomeadamente: AVAC, sanitários, fontes e rega, que permitem avaliarem o correto funcionamento da rede de água, eventuais consumos anómalos e fugas.
  • De forma a otimizar o consumo da água, as torneiras dos sanitários estão equipadas com temporizadores de fluxo de caudal, os urinóis funcionam sem água e parte dos nossos autoclismos é alimentada por águas cinzentas reutilizadas.

Resíduos:

Os resíduos valorizáveis são separados de acordo com a Lista Europeia de Resíduos e enviados para reciclagem ou valorização orgânica. Os resíduos indiferenciados são enviados para aterro ou para incineração com valorização energética.

Anualmente são administradas diversas ações de formação aos nossos lojistas para otimizar a separação de resíduos e o departamento de operações trabalha continuamente para melhorar as condições de separação no Centro.

Em 2014, o Centro Colombo enviou para reciclagem 62% dos resíduos produzidos, entre os quais:

  • 1310 toneladas de embalagens de papel e cartão;
  • 42 toneladas de embalagens de metal;
  • 66 toneladas de embalagens de vidro;
  • 167 toneladas de embalagens de plástico;
  • 683 toneladas de resíduos orgânicos para valorização por digestão anaeróbia.

Alterações Climáticas:

  • Em 2014, o Centro Colombo utilizou exclusivamente eletricidade proveniente de fontes renováveis, através de um contrato de energia verde.
  • A gestão do consumo de energia é assegurada informaticamente, através de um sistema de gestão técnica centralizado (GTC), que permite a operação, a manutenção, o controlo e a otimização das condições de funcionamento das instalações elétricas de AVAC e de iluminação do Centro
  • Utilização de lâmpadas de baixo consumo nas zonas públicas e parque de estacionamento;
  • Realização de Auditorias Energéticas promovendo a identificação de medidas de minimização do consumo;
  • Controlo da iluminação em função da luz natural através das grandes superfícies vidradas das claraboias