active-steparrow_backarrow_forwardarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upbag-iconcalendarclockclosecogcompleted-stepcoupondate-icon3FA37AC4-B042-4E97-8D38-B423484C5304mail-envelope-closedexternal-linkeye0FD0FF81-23FC-4DD4-8EB0-440DB49230D7facebookfeedback-likefeedback-simpleC8A9AC3D-2D6E-4A69-AC16-9B135FCBBA1BC8A9AC3D-2D6E-4A69-AC16-9B135FCBBA1Bgoogle_plusgreen-checkheart-iconE154FAFA-5BAB-47C9-B495-5E26A0684D4Eic-access-time-black-24-pxic-arrow-backic-arrow-nextic-instagram-black-24-pxic-map-black-24-pxic-phone-black-24-pxic-searchinstagramlistlocationmapmenu9F521724-7403-43D6-BAC1-5F75BCB2B889notification-activenotificationpending-steppinterestpowered_by_zomatosearchslider-arrowsmsstarstory-arrowsynctagtrash-removetwitteruser-iconuser-profilewishlistyoutubezoom-inzoom-out
Esperamos por si! Consulte a afluência média e planeie a sua visita. Saiba mais - AQUI.-

AACC-Artista Vencedor

PRÉMIO A ARTE NO COLOMBO 2020

Atelier Contencioso vence a 1ª edição do ‘Prémio A Arte Chegou ao Colombo’

Instalação de arte ‘Sopro’

 

Obra vencedora faz uma analogia entre a pandemia e a erva daninha Dente-de-Leão

Trabalhos finalistas vão estar em exposição aberta ao grande público, entre os dias 27 de janeiro a 7 de março, no Museu Berardo.


O Atelier Contencioso, com a instalação de arte ‘Sopro’, é o grande vencedor da 1ª edição do ‘Prémio A Arte Chegou ao Colombo’, lançado com o objetivo de apoiar artistas emergentes.


Enquanto vencedor, o Atelier Contencioso vai receber um prémio monetário de 20 mil euros e vai ver a sua obra exposta, juntamente com os outros nove trabalhos finalistas, numa Exposição aberta ao grande público, de 14 de abril a 23 de maio, no Museu Berardo.


Fundado em 2015, o Atelier Contencioso é o espaço de trabalho de 4 artistas, Ana Velez, Joana Gomes, Maria Sassetti e Xana Sousa. A sua criação nasceu da necessidade comum de encontrar um espaço de trabalho e de partilhar cumplicidades e paralelismos na produção pictórica.


Com recurso a uma técnica mista sobre chapas de alumínio, a obra vencedora faz uma analogia entre o vírus Covid-19 e a erva daninha Dente-de-Leão, como explica Maria Sassetti do Atelier Contencioso:


"O vírus assemelha-se a uma erva daninha, pela rapidez com que se propaga e chega a qualquer território, mesmo que a erva se corte e se arranque pela raiz, é difícil controlar. O Dente-de-Leão é uma erva invasora. Soprada pelo vento, ou propagada através de sementes pelo solo, coloniza e multiplica-se. É uma erva amarga, numa perfeita analogia com estes tempos amargos."

A instalação artística ‘Sopro’ é formada por 27 chapas de alumínio de diferentes recortes, referenciando as diversas fases do desabrochar da flor do Dente-de-Leão, mimetizando na sua composição o mapa mundial de propagação da Covid-19. Cada uma das quatro artistas, do Atelier Contencioso, intervém em 6 chapas diferentes, utilizando tinta de esmalte, grafite, betume, folha de ouro e vinil autocolante. A metamorfose final do Dente-de-Leão está intimamente ligada à esperança. Soprar um Dente-de-Leão para obter um desejo é um simbolismo positivo e, aqui, simboliza o desejo comum do regresso à normalidade.


O apuramento do vencedor teve como base a votação do Júri, constituído pelos representantes dos parceiros do Prémio – a Fundação Arpad-Szenes Vieira da Silva, a Fundação D. Luís I, o Museu Coleção Berardo, o Museu Nacional de Arte Antiga, o Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado e, ainda, um representante da Sonae Sierra – e da votação pública que decorreu no site do Centro Colombo, que teve um peso de 40%.


“O trabalho do Atelier Contencioso conjuga na perfeição todos os elementos que estavam a ser avaliados, desde a interpretação da temática do prémio ‘O Impacto da pandemia de Covid-19’, à estética, à técnica e à originalidade.” afirma Dra. Rita Lougares, Diretora Artística do Museu Coleção Berardo e membro do júri.

Adriana Proganó, Amante, Ana Malta Aka Numpàra, Duarte Perry, Henrique Neves, Manuel Rodrigues Almeida, Maria de Brito Matias, Nicoleta Sandulescu e Tomé Capa são os restantes nove finalistas que vão ver os seus trabalhos de escultura, pintura e instalações de arte expostos. Cada um dos finalistas recebeu uma verba de mil euros, para apoio à produção do trabalho para a exposição.

Paulo Gomes, diretor do Centro Colombo afirma “Estamos muito satisfeitos com a adesão a esta 1ª edição do ‘Prémio A Arte Chegou Colombo’. Temos um conjunto de 10 trabalhos finalistas com muita qualidade, mantendo aquela que é a nossa premissa de democratizar e tornar a arte acessível à comunidade.”

O Centro Colombo lançou este prémio de arte, co-organizado pela agência State of the Art, com o objetivo de apoiar artistas emergentes e alargar a área de atuação e a missão que ‘A Arte Chegou ao Colombo’ teve nestes últimos 10 anos, através de um apoio mais direto ao setor artístico de Portugal.

O Centro Colombo, um dos maiores centros comerciais da Península Ibérica com 113.858 m2 de Área Bruta Locável (ABL), dispõe de mais de 340 lojas e possui características únicas que, juntamente com uma oferta variada e exclusiva, permitem ao consumidor a melhor experiência em compras. Com uma área de abrangência supra regional, no Centro Colombo encontra tudo aquilo que possa imaginar. São mais de 60 restaurantes, 8 salas de cinema e um IMAX, Jardim Exterior, Health Club, Parque Infantil (ColomboLand), Espaço BabyCare e Bowling City, além de vários serviços de apoio ao cliente e das maiores lojas âncora do país que incluem as marcas mais procuradas pelos consumidores. Desta forma, o Centro Colombo representa uma oferta completa caracterizada pela Inovação e Diferenciação dos seus produtos e serviços, com o intuito de maximizar o conforto e segurança dos seus clientes.

A par da experiência única de compras e de lazer que oferece aos seus clientes, o Centro Colombo assume a responsabilidade de dar um contributo positivo para um mundo mais sustentável, trabalhando ativamente para um desempenho excecional nas áreas ambiental e social. Todas as iniciativas e novidades sobre o Centro podem ser consultadas no site www.colombo.pt e na página de Facebook em https://www.facebook.com/centrocolombo.

OS NOSSOS PARCEIROS

                        

Próximo