25 de abril sempre!

Às 00h20 do dia 25 de abril de 1974, a Rádio Renascença transmitia a canção censurada “Grândola, Vila Morena”, de Zeca Afonso, no programa “Limite”. Dava-se assim início às operações que iriam pôr fim a 46 anos de ditadura.

Esta quarta-feira, celebram-se 44 anos de democracia. Mais de quatro décadas em que Portugal passou de um regime ditatorial, instituído a 26 de maio de 26 – e reiterado com a Constituição de 1933 – para um país no seio da União Europeia, depois de assinado o Tratado de adesão a 12 de junho 1985, integrando oficialmente a comunidade a 1 de janeiro de 1986.

Para celebrar a data, fizemos uma seleção de livros e CDs que pode encontrar na Fnac e na Bertrand do nosso Centro para lembrar ou relembrar os momentos mais emblemáticos não só da Revolução dos Cravos como do percurso do país para chegar até esse momento. Um momento que não se esgotou a 25 de abril e que viria a marcar os anos e as gerações seguintes.

Veja aqui a nossa seleção:

Categorias
Cultura
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço