3 formas de fazer máscaras em casa

Uma t-shirt, um lenço, filtros de café, elásticos para o cabelo. Para fazer máscaras em casa, bastam materiais muito simples e nem precisa de saber costurar. Neste artigo damos-lhe a conhecer três soluções diferentes para criar as suas próprias máscaras de proteção.

Esta semana, a Direção-Geral da Saúde emitiu um comunicado a recomendar o uso de máscaras por parte de toda a população. Estas devem ser utilizadas em espaços fechados, como supermercados ou transportes públicos, e como medida de proteção adicional: ou seja, como complemento do distanciamento social, da etiqueta respiratória e da lavagem frequente das mãos.

No entanto, devido à escassez de materiais de proteção individual – e sendo estes prioritários e imprescindíveis para profissionais de saúde, grupos de risco e trabalhadores de outras profissões essenciais – há cada vez mais pessoas a fabricarem as suas próprias máscaras em casa.

Assim, damos-lhe a conhecer três métodos, do mais simples e básico ao mais trabalhoso, para criar as suas máscaras.

Método 1: como fazer uma máscara sem costuras

Este é o método mais simples para criar uma máscara. Não é necessária cola, nem precisa de pôr à prova os seus dotes de costura – apesar de, se quiser, o poder fazer para um reforço extra. Junte a família toda – é tão fácil que até as crianças podem fazer as suas próprias máscaras – e ponha mãos à obra!

 

Método 2: como fazer uma máscara com duas tiras de tecido

Esta segunda solução que lhe mostramos é um pouco mais complicada, mas não se assuste: não é nada impossível de recriar. Sim, irá precisar de mostrar a sua destreza com a linha e a agulha (ou a máquina de costura, se tiver uma) e de alguma paciência, mas verá que o resultado final vale a pena.

 

Método 3: como fazer uma máscara com uma T-shirt

Tem aí por causa algumas t-shirts antigas que já não usa? Ótimo! Pode reaproveitá-las e dar-lhes uma nova vida com o nosso terceiro método para criar uma máscara. E é muito fácil de fazer: só precisa da t-shirt e de uma tesoura. Não acredita? Ora veja o vídeo.

Agora que já conhece os três métodos – todos relativamente simples -, escolha o que mais lhe convém, junte a família, e crie as suas máscaras caseiras! Às riscas, às bolinhas, com cornucópias ou simples, pode fazer quantas quiser e cada um pode ter a sua preferida: o importante é que sirvam o propósito da proteção.

Não se esqueça de as lavar sempre que as usar e lembre-se que as máscaras são apenas mais uma forma de proteção suplementar, a juntar a todas as outras recomendações da DGS.

Categorias
Família
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço