Hoje há um flash mob solidário

Ação acontece na Praça Central, a partir das 18h30, para assinalar o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres e vai contar com a presença do Ministro Adjunto e da Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade.

É cada vez maior o número de casos de violência doméstica – particularmente sobre mulheres – registados em Portugal. Como forma de apelar e incentivar as pessoas a denunciarem estes casos, a campanha “Comunidade Ativa Contra a Violência” vai ter uma ativação esta quinta-feira, dia 24 de novembro. Trata-se de um flash mob que vai decorrer na Praça Central do Colombo, pelas 18h30, e vai contar com várias mulheres bailarinas que gradualmente se vão juntando a dançar contemporâneo.

Tudo vai começar com quatro mulheres, na Praça Central, que vão surgir com uma placa a dizer “Vai ignorar até quando?”. Sucessivamente inicia-se uma música ao som do qual várias mulheres bailarinas começam a dançar contemporâneo. Juntam-se também à dança mulheres que, aparentemente parecem estar a passear pelo local.

O evento vai contar ainda com a presença do Sr. Ministro Adjunto, Eduardo Cabrita, e da Sr.ª Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino.

Só no ano passado foram assassinadas em Portugal 29 mulheres.

Categorias
Cultura
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço