Leonardo Da Vinci n’A Arte Chegou ao Colombo 2022

Este ano, o programa da Arte Chegou ao Colombo tem uma surpresa muito especial – a nova experiência imersiva à volta da obra e vida de Leonardo Da Vinci. Venha conhecê-la.

Até 7 de agosto, a 12ª edição do projeto A Arte Chegou ao Colombo, o Programa de Arte Pública do Centro Colombo, apresenta uma experiência imersiva única à volta da vida e obra de Leonardo Da Vinci. Venha descobri-la no nosso Centro.

 

O que esperar de Leonardo da Vinci — Experiência de Arte Imersiva n’A Arte Chegou ao Colombo 2022?

Pela primeira vez em Portugal, a exposição Leonardo da Vinci — Experiência de Arte Imersiva, fará parte da agenda cultural da cidade de Lisboa durante quase dois meses, de 21 de junho a 7 de agosto. A entrada é livre e gratuita.

Com sessões a cada 15 minutos, numa sala com cerca de 150 m2, na Praça Central, no Piso 0, aqui é possível contemplar obras como o famoso desenho Homem de Vitrúvio, estudos de máquinas de guerra como A Catapulta e as emblemáticas pinturas Mona Lisa e A Dama com Arminho, entre muitos outros trabalhos reconhecidos mundialmente.

Esta exposição oferece uma verdadeira imersão num mundo de cor e música, onde os visitantes são convidados a deixarem-se levar pela obra de Leonardo, perderem-se nos detalhes dos seus retratos, nos desenhos dos rostos e na representação dos gestos.

 

Que obras de Leonardo Da Vinci serão apresentadas?

Leonardo da Vinci foi um dos artistas mais importantes do Renascimento – em 2022, celebra-se o 570º aniversário do seu nascimento. Produziu apenas um punhado de pinturas, mas mais de 6.000 páginas cheias de esboços e desenhos, notas e estudos, nos seus célebres cadernos e manuscritos.

Da Vinci foi um artista singular, único no seu género, e os seus estudos abrangeram todos os campos do conhecimento, desde a perspetiva e a ótica até ao corpo humano, à geometria, à matemática, à física, ao cosmos, à hidráulica, ao urbanismo, entre outros.

Um dos exemplos mais conhecidos é o famoso Homem de Vitrúvio, que tem um papel central nesta exposição. Nesta obra iónica da Renascença e do próprio Da Vinci, Leonardo analisa as proporções do corpo humano, colocando-o no centro do universo, em perfeito equilíbrio entre o círculo (representando o cosmos) e o quadrado (representando a terra).

A exposição analisa em seguida uma série de retratos femininos – obras como A Dama com Arminho, La Belle Ferronnière ou Ginevra de’ Benci – pintados por Leonardo em Florença e Milão. Bonitas, enigmáticas e fascinantes, as mulheres de Leonardo são todas obras-primas do retrato renascentista.

Nesta exposição encontram-se ainda reproduções 3D e animadas das impressionantes máquinas de Da Vinci, como a Catapulta, A Arma de Cano Múltiplo, O SpingardeI ou Canhão com Carro de Armas. O artista estudou os mecanismos e engrenagens específicos concebidos para substituir o esforço humano, criando, assim, máquinas poderosas e letais para uso militar.

Há ainda espaço para os estudos do artista sobre a Catedral de Milão, e esboços sobre botânica e anatomia. A exposição encerra com as grandes obras-primas de Da Vinci, como Santa Ana, Mona Lisa ou A Última Ceia.

 

Quem organiza a exposição?

A experiência de arte imersiva foi desenvolvida pelo Art Media Studio de Florença, cujas forças motrizes são dois arquitetos criativos e artistas de vídeo: Vincenzo Capalbo e Marilena Bertozzi.  A partir das suas instalações situadas no coração histórico de Florença e com mais de 20 anos de experiência, o Art Media Studio cria conteúdos e desenvolve uma linguagem multimédia com um conjunto imersivo de projetos de vídeo pioneiros de alta criatividade.

O seu trabalho já foi adotado pelos principais museus em Itália e em todo o mundo, desde a Galeria Uffizi ou o Museu de História Natural em Hannover (Alemanha), entre outros museus de renome. As suas obras são poderosas ferramentas de comunicação, informação, entretenimento e educação, que transformam o museu e o projeto artístico numa experiência dinâmica, participativa, emocional e altamente lúdica.

Para receber a experiência de arte imersiva foi desenhado e construído um Museu Temporário na praça central do Centro Colombo por parte do arquiteto Diogo Aguiar Studio. O Embaixador da Exposição é Lorenzo de’ Medici, o último descendente da família e que reside em Portugal.

 

O que é o projeto A Arte Chegou ao Colombo?

O projeto A Arte Chegou ao Colombo é o nosso programa de Arte Pública, localizado no coração de um dos maiores centros comerciais do país, para que a arte não fique confinada a museus.

Para além de exposições de nomes conceituados mundialmente, apoiamos artistas nacionais emergentes, com a atribuição do prémio “A Arte Chegou ao Colombo”. O ano passado, na primeira edição do prémio, o grande vencedor foi O Atelier Contencioso, com a instalação de arte ‘Sopro’. Para além do prémio monetário de 20 mil euros o grupo viu a sua obra exposta, juntamente com os outros nove trabalhos finalistas, numa Exposição aberta ao grande público, de 14 de abril a 23 de maio, no Museu Berardo.

Visitar as exposições no nosso Centro é assim a oportunidade perfeita de trazer a arte para o dia-a-dia, enquanto faz compras, desfruta de uma refeição deliciosa ou se diverte com a família ou amigos. O nosso Centro dispõe de mais de 340 lojas e possui características únicas. São mais de 60 restaurantes, 8 salas de cinema e um IMAX, Health Club, Parque Infantil (ColomboLand), Espaço BabyCare e Bowling City, além de vários serviços de apoio ao cliente e das maiores lojas âncora do país que incluem as melhores marcas.

A par da experiência única de compras e de lazer, assumimos a responsabilidade de dar um contributo positivo para um mundo mais sustentável, trabalhando ativamente para um desempenho excecional nas áreas ambiental e social.

Faça-nos uma visita!

Publicação
21 de Junho de 2022
Categorias
Cultura Evento no Colombo Eventos em Lisboa
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço